Associação Capão Cidadão

2019

Galeria de Fotos

A Iniciativa

Quem Somos

A Capão Cidadão foi criada com o objetivo de atender e dialogar com crianças e adolescentes por meio do lazer, cultura e educação; trabalhando com a criatividade, ludicidade e inclusão social. A instituição contribui para a valorização da família, dos vínculos de afeto e para o resgate da cidadania, proporcionando o conhecimento dos direitos e deveres da sociedade como um todo, e valorizando o conhecimento e a cultura do país.

Distrito

Capão Redondo

A Proposta

É um projeto de contra turno escolar com reforço escolar para 180 crianças, oficina de artes marciais para 30 crianças e acompanhamento psicossocial para todos os alunos do projeto.

O Contexto

A Capão Cidadão está localizada em uma região com pouco ou nenhum acesso à equipamentos públicos para o atendimento desta população. As escolas da região, muitas delas sucateadas, não conseguem atender de maneira efetiva todos os seus alunos. As atividades de reforço oferecidas ampliam os horizontes e as possibilidades dos alunos, pois além de as matérias escolares, os alunos são instigados a pensar criticamente pensamento e a busca por mais informações; desenvolvendo o intelecto e a curiosidade, o que leva estas crianças e adolescentes a um maior crescimento pessoal e profissional.

Já com o jiu-jitsu, o objetivo é trabalhar a concentração e o desenvolvimento corporal dos alunos, utilizando a cultura da não violência para que consigam aprender a lidar com suas questões e dificuldades. Com esta oficina, também será trabalhada a autoestima, autocontrole, disciplina, confiança e valores que os alunos levarão para toda sua vida.

A alimentação saudável faz-se necessária, pois durante todo o tempo de atuação do Capão Cidadão na região, observou-se que os alunos muitas vezes não tinham em casa a alimentação necessária para seu desenvolvimento, alguns inclusive iam para as oficinas sem ter se alimentado antes. Por ser uma população em situação de vulnerabilidade, muitas das famílias têm a alimentação baseada em produtos de baixo custo, e muitas vezes de alto valor calórico e baixo valor proteico. Assim, com a alimentação sendo servida na associação, mostra-se aos atendidos e seus responsáveis opções de alimentação de baixo custo com valores nutricionais elevados, melhorando assim a qualidade de vida e saúde dos mesmos.

A necessidade do acompanhamento psicossocial relaciona-se com o de os alunos atendidos viverem em vulnerabilidade social e algumas vezes precisarem de atendimentos individualizados, escassos nos equipamentos públicos da região. Por isso, a instituição busca compreender as suas necessidades e trabalhar sua autonomia para que consigam de maneira efetiva melhorar suas condições de vida.

Como Funciona

As oficinas de reforço nas áreas de humanas e exatas acontecem duas vezes por semana, às segundas e terças, em duas turmas de manhã (das 9h às 10h e das 10h às 11h) e duas no período da tarde (das 14h às 16h). A oficina de leitura é oferecida às sextas-feiras com uma turma no período da manhã (09h às 10h) e uma turma no período da tarde (das 14h às 15h).

As oficinas de artes marciais acontecem uma vez por semana, às terças-feiras, sendo uma turma de manhã (das 10h às 11h) e um à tarde (das 15h às 16h).

Com o objetivo de combater a desnutrição e obesidade infantil, é oferecida alimentação para todos os alunos nos dias de oficina, para a turma da manhã às 11h e para a turma da tarde às 16h.

O acompanhamento é feito por reuniões com as escolas dos alunos envolvidos e relatório dos educadores.

Também é feito atendimento psicossocial com o acompanhamento de estagiários supervisionados dos cursos de serviço social e psicologia que observam os alunos nas oficinas de terça, quarta e sexta-feira, por meio atividades e dinâmicas de grupos e individuais. O objetivo é entender as necessidades dos atendidos. Caso seja preciso, os responsáveis são convidados a participar de atendimentos individuais com a criança, e pode haver encaminhamento do indivíduo ou família para equipamentos públicos, em casos de maior complexidade.

O Público do Projeto

  • Com as aulas de reforço serão atendidas 180 crianças e adolescentes entre de 06 e 15 anos.
  • Com as aulas de jiu-jitsu serão atendidas 30 crianças e adolescentes entre 06 e 16 anos.
  • A alimentação será oferecida a todos os alunos matriculados nas oficinas e para os professores e colaboradores do projeto diariamente, sendo uma média de 80 refeições por dia.
  • Com o atendimento psicossocial serão atendidas 180 crianças e adolescentes entre de 06 e 16 anos e caso haja necessidade, os responsáveis também serão atendidos.
  • Todos os beneficiários são moradores do Capão Redondo, alunos de escolas públicas e devidamente cadastrados nos postos de saúde da região.

Os Objetivos do Investimento

  • Melhorar o rendimento escolar dos beneficiários
  • Aumentar o nível de integração melhorando o comportamento e interação social dos beneficiários
  • Melhorar a participação dos alunos nas atividades e aumentar a qualidade dos trabalhos escolares melhorando assim seu aprendizado
  • Proporcionar um melhor atendimento e aprendizado das matérias escolares, buscando a melhoria do rendimento escolar e uma melhor integração em sala de aula
  • Estimular a prática de esportes, proporcionar a melhoria da saúde dos atendidos, além de melhorar a concentração e disciplina dos mesmos
  • Ampliar o apoio da comunidade e de financiadores para o desenvolvimento dos projetos, seja este apoio material, humano ou financeiro
  • Reestruturar as redes sociais da instituição melhorando a qualidade e relevância das informações.
  • Criar uma rede colaborativa efetiva para o fortalecimento da região na qual atuamos
ASSINE NOSSA NEWSLETTER...para receber notícias e novidades!