Feira Literária da Zona Sul estreia sua sétima edição em 18 de setembro

A FELIZS, Feira Literária da Zona Sul, chega em sua sétima edição e promete agitar a periferia sul de São Paulo. Com o tema “Existirmos: A que será que se destina?”, o evento homenageia o músico Geraldo Magela e propõe ao público uma auto reflexão a respeito do nosso papel social enquanto seres humanos.

O encontro será virtual, assim como foi na edição passada, em respeito aos protocolos de segurança da pandemia de Covid-19. Reunirá poetas, atores, atrações musicais e artistas de diversos outros segmentos com o objetivo de “abraçar” a periferia com cultura.

A VII FELIZS começa no dia 18 e encerra seu ciclo em 25 de setembro com um show da cantora Ellen Oléria, vencedora da primeira edição do The Voice Brasil.  Conversamos com a articuladora cultural Diane Padial, idealizadora da Feira Literária da Zona Sul, para sabermos mais detalhes sobre essa importante iniciativa que estimula e valoriza a cultura e o desenvolvimento local.

O desenvolvimento da FELIZS

A FELIZS nasceu a partir de um projeto criado e encaminhado para uma iniciativa do Itaú que previa, inicialmente, um dia de feira. Porém, no momento de pôr a ideia em prática, Diane percebeu que o período previamente estipulado seria pouco perto de toda a força cultural da periferia sul de São Paulo. Com isso, a primeira edição do evento, que aconteceu em 2015, durou uma semana e foi um sucesso.

Entretanto, como nem tudo são flores no desenvolvimento de projetos culturais,  Diane admite que, ao longo das seis edições já realizadas, inúmeros e diferentes percalços surgiram: falta de verba, patrocínio, de espaço para trazer ao evento todos que querem participar, já que as demandas são mais altas do que, por enquanto, a produção pode atender.

“A maior dificuldade foi durante a pandemia, porque a gente teve que inverter toda a lógica, buscar um conhecimento que não tínhamos sobre como realizar isso de uma forma digital. Transformar aquilo que era a feira do abraço em uma feira digital, é bastante difícil”, explica Diane.

No entanto, em 2021, a FELIZS mostra resistência e retorna para sua sétima edição, sendo a segunda versão virtual do evento que Diane se orgulha de desenvolver com uma grande equipe a qual é muito grata. A articuladora cultural reforça ainda o quão necessários são para comunidade eventos como a Feira Literária da Zona Sul.

“É muito importante que a gente produza cada vez mais eventos que valorizem e estimulem a cultura local, porque é uma forma de a gente se colocar no mundo também”, ressalta Diane.

Inscreva-se e confira a programação da VII FELIZS, Feira Literária da Zona Sul, no site oficial do evento. Para acompanhar os encontros e apresentações ao vivo acesse os perfis do evento no Youtube e Facebook a partir das 10h da manhã de 18 de setembro.

Nós da Fundação ABH compactuamos e nos inspiramos em iniciativas e eventos como FELIZS, que valoriza a cultura das periferias brasileiras e estimula o desenvolvimento humano sempre em prol da comunidade.

Deixe seu comentário

ASSINE NOSSA NEWSLETTER...para receber notícias e novidades!