Conteúdos

Rádio Comunidade

A Rádio Comunidade e sua importância para a periferia Sul de São Paulo

Precisamos falar sobre o rádio! Mais importante ainda, da Rádio Comunidade. Dentre os mais antigos meios de comunicação, o rádio é aquele tem o maior alcance de público, muito por sua instantaneidade na transmissão de informações e pela possibilidade de acesso em múltiplos locais como no carro e celular, além de ser um dos poucos meios que chega às áreas mais remotas do Brasil e do mundo onde, por vezes, nem mesmo a televisão chega. 

A pesquisa DIMENSION 2018, da Kantar Ibope, aponta que o rádio chega a 91,9% dos brasileiros sendo que, pelo menos metade da população, cerca de 53%, sintoniza algum tipo de emissora com frequência. Com o surgimento da internet o acesso ao rádio passou a ultrapassar fronteiras. 

E essa é uma das principais características da iniciativa sobre a qual falaremos no post de hoje.

 

Bem-vindos à Rádio Comunidade!

A Rádio Comunidade é um projeto sem fins lucrativos desenvolvido voluntariamente por um grupo de profissionais da área e que vai além de um espaço musical. Em 2020 é uma das iniciativas apoiadas pelo aTUAção PerifaSul 2020, edital realizado pelo Instituto Jatobás, Fundação Alphaville, Macambira Sociocultural e Fundação ABH.

Localizado na Casa Amarela, distrito do Campo Limpo na periferia sul de São Paulo, o grande objetivo da Rádio Comunidade é ser um canal de luta pela democratização da comunicação como meio de socialização e uma ferramenta a serviço dos cidadãos, ou seja, surge como mais uma forma de empoderar e dar voz a população periférica que muitas vezes não possui espaço na grande mídia.

um canal de manifesto, de diálogo com as autoridades responsáveis para resolução dos problemas que atingem a periferia, mas também para divulgar a riqueza cultural e artística das comunidades brasileiras.

Assim, abre-se um canal de manifesto, de diálogo com as autoridades responsáveis para resolução dos problemas que atingem a periferia, mas também para divulgar a riqueza cultural e artística das comunidades brasileiras.

As comunidades brasileiras já possuem um histórico positivo com as rádios comunitárias. Um grande exemplo é a Rádio Favela que nasceu na década de 80 na favela Aglomerado da Serra, em Belo Horizonte. Há no Brasil 4.800 rádios comunitárias, sendo pelo menos 600 só no estado de São Paulo, dentre elas a Rádio Comunidade voltada para o segmento jovem-contemporâneo e que leva para o povo um misto de cultura, entretenimento e informação através de lives, debates e entrevistas com grandes personalidades. 

Também é um espaço de denúncia, divulgação e aprendizagem onde se desenvolvem cursos, dentre eles um de Comunicação e Expressão, que prepara jovens para enfrentar os ambientes do mercado de comunicação a partir do desenvolvimento de um trabalho radiofônico ao vivo e da interação com os equipamentos e a tecnologia disponível para a produção, treinando assim suas habilidades técnicas, autocontrole e autoconhecimento. 

Acesse a página do Facebook da Rádio Comunidade para conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido pela iniciativa, a equipe por trás de tudo, acompanhar a sua programação, participar de seus cursos, conferir as lives, entrevistas e saber de todas as novidades, incluindo a próximos passos de sua participação no Edital aTUAação PerifaSul.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER...para receber notícias e novidades!